quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Exame para febre amarela dá positivo em macaco morto em Três Pontas

A Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Três Pontas (MG) confirmou nesta terça-feira (21) que o exame de um dos macacos encontrados mortos na cidade deu positivo para febre amarela. Esse é o segundo caso confirmado de morte de macaco por febre amarela no Sul de Minas- o primeiro foi registrado em Poços de Caldas (MG).
A Secretaria de Estado de Saúde também confirmou esse segundo caso no relatório sobre a doença divulgado na tarde desta terça-feira. O órgão também investiga se mortes de primatas estão relacionados com a doença em outras 12 cidades.
De acordo com Marcelo de Figueiredo Gomes, veterinário de vigilância ambiental, setor vinculado à Vigilância Epidemiológica de Três Pontas, o animal que teve exame positivo para febre amarela era um sagui e foi encontrado morto no dia 2 de fevereiro em um bairro da zona urbana, que fica a cerca de 1 Km do Centro.
"Nós ainda não temos o resultado do exame em mãos, mas a confirmação foi nos dada por telefone pela nossa gerência regional de saúde. Com esse caso, o risco de febre amarela no município aumenta e os cuidados com a prevenção já foram reforçados", explicou o Gomes.
Outros dois macacos já foram encontrados mortos na cidade neste mês. De um dos corpos não foi possível coletar material para análise, por isso apenas mais um animal passa por exames. O resultado deve sair em até 10 dias.
Além de Três Pontas, mortes de macaco por suspeita de febre amarela em investigação nas cidades de Alterosa, Nova Resende, Delfinópolis, Guapé, São João Batista do Glória, Caldas, Ipuiúna, Ouro Fino, Santa Rita de Caldas, Lavras, Perdões e Varginha. No Sul de Minas, apenas Delfinópolis teve registros de febre amarela confirmados em humanos.
Fonte: G1 Sul de Minas

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Itajubá/MG
Empresa de montagem de produtos eletrônicos amplia unidade dentro do Presídio de Itajubá
Esta é mais uma ação do Govero do Estado, por meio da Seap, de atendimento e valorização dos servidores e detentos
O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), inaugurou, nesta sexta-feira (17/2), um novo galpão de trabalho no Presídio de Itajubá, no Território Sul.
A área de produção com 600 m² substitui a anterior, que tinha 180m² e empregava cerca de 50 detentos. No local eram produzidos 1.500 extensões elétricas e 750 filtros de linhas. Agora, vão dobrar o número de presos trabalhando e a quantidade de peças produzidas por dia. A área do antigo galpão será destinada, em breve, para uma nova atividade produtiva.
Um diferencial desta parceria de trabalho com a empresa Montec - Montagem de Produtos Eletrônicos – é a existência de dois turnos: das 6h às 14h e das 14 às 22h. Os presos recebem 3/4 do salário mínimo e têm direito à remição, para cada três dias trabalhados um a menos na pena.
O secretário de Estado de Administração Prisional, Francisco Kupidlowski, durante discurso na cerimônia de inauguração, revelou suas impressões sobre o funcionamento da unidade prisional e do novo galpão. “Estou encantado com a verdadeira cidadania, demonstrada em todas as ações de atendimento e valorização dos servidores e detentos. Aqui prevalecem os pilares para o perfeito funcionamento do sistema prisional: ética, cidadania, justiça e bom senso”, reforçou.
A empresa parceira investiu, entre máquinas e instalações, cerca de 1 milhão e 200 mil reais. São equipamentos importados que agilizam todo o processo, mas precisam ser operados por pessoas capacitadas. Para tanto, os presos passaram por treinamento e são orientados, diariamente, pelo supervisor de produção João Cavalcante, do grupo Megatron, que atua em parceria com a Montec.
Ele acumula 40 anos de experiência em indústrias elétricas de São Paulo e Minas Gerais, e além desta unidade no presídio, cuida de outras em cidades da Território Sul do estado. “Estes rapazes (os presos) são mais dedicados do que funcionários de empresas em funcionamento fora de presídios. Eles executam suas tarefas com prazer e eficiência”, garantiu o supervisor.
Na solenidade de inauguração estiveram presentes servidores da Seap e autoridades do Exército, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Prefeitura de Itajubá, Secretaria de Educação (SEE), Secretaria Municipal de Agricultura, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Helibrás e Câmara dos Vereadores.
Metamorfose
Para o diretor da Montec, Hudson Carvalho, todos saem ganhando com as parcerias entre empresários e a Seap: comunidade, detentos, família e o sistema prisional. “A redução de custos com a folha de pagamento representa uma diminuição do preço para o consumidor”, garantiu o diretor.
A Montec iniciou suas atividades no presídio em um espaço de 40 m², com a utilização da mão de obra de seis detentos, em janeiro de 2013. Um dos presos integrantes desta história de crescimento é Francislei Aparecido Figueiredo, de 31 anos, responsável pela manutenção das máquinas e uma espécie de “faz tudo” na área de produção.
Por dominar todo o processo, ele pode substituir qualquer um dos colegas quando necessário, ou ainda dar um reforço em etapas do longo fluxo produtivo. Pode ser no recebimento das bobinas, no corte, na preparação dos fios ou cabos, na aplicação dos pinos, na injeção dos plugs ou tomadas, na aplicação de terminais e várias outras, até o empacotamento.
“Estar aqui, no Presídio de Itajubá e na Montec, representa uma explosão de conhecimentos na minha vida. Na privação de liberdade eu consegui descobrir e dominar assuntos inimagináveis. Quando terminar a pena quero estudar Psicologia”, revelou Francislei.
Ele concluiu o ensino fundamental e médio na escola do presídio, tomou “gosto pela leitura”, e ainda fez três cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) do Governo Federal: agroecologia, costura e pedreiro.
O diretor-geral do Presídio de Itajubá, Rodney Dantas Pinto, explica que a transformação de vidas dos detentos é baseada no trabalho, no estudo e na disciplina. ”Temos acompanhado muitas trajetórias como a de Franscislei, isto é motivo de grande satisfação. Estamos conseguindo atingir nosso principal objetivo: ajudar as pessoas a prepararem-se para uma vida melhor, depois de cumprirem suas obrigações com a justiça”, destacou o diretor-geral.
Fonte: Agência Minas

Secretaria investiga mortes de macacos em 11 cidades do Sul de MG

Segundo último boletim, cinco novos casos estão em investigação. Animal também foi achado morto em Delfinópolis, única cidade com casos.
A Secretaria de Estado de Saúde confirmou no boletim divulgado na tarde desta sexta-feira (17) que estão sendo investigadas se as mortes de macacos estão relacionadas à febre amarela em 11 cidades do Sul de Minas. Em relação ao último relatório, foram incluídos cinco novos registros.
Os novos casos estão sendo investigados em Nova Resende (MG), Delfinópolis, São João Batista do Glória, Santa Rita de Caldas e Perdões. O município de Delfinópolis, inclusive, é o único do Sul de Minas que apresenta casos confirmados da doença. Até o momento foram quatro casos confirmados, com três mortes. Uma outra morte, de uma turista, foi confirmada pela Secretaria de Saúde de São Paulo.
Além dos novos registros em investigação informados pela Secretaria de Saúde, já estavam em investigação casos de mortes de primatas em Guapé, Caldas, Ipuiúna, Lavras, Três Pontas e Varginha.
Em todo o Estado, já foram confirmados 220 casos de febre amarela com 78 mortes.
Fonte: G1 Sul de Minas
Foto Ilustrativa

Mutirão de combate ao Aedes aegypti movimenta 40 cidades no Sul de Minas

Ação, promovida pela EPTV, começou às 7h30 e seguiu durante todo o sábado (18).
Em Caxambu o mutirão aconteceu no bairro Trançador
Neste sábado (18) moradores de pelo menos 40 municípios do Sul de Minas acordaram bem cedo para participar do 2º Mutirão Regional de Combate ao Aedes aegypti . A ação, promovida pela EPTV, afiliada da Rede Globo, em parceria com as prefeituras da região, começou às 7h30 e seguiu durante todo o sábado.
O objetivo da campanha é mobilizar a população para combater o mosquito que transmite a dengue, a febre Chikungunya, a febre amarela urbana e o Zika Vírus. As ações aconteceram ao longo do dia, envolvendo várias atividades como mutirões de limpeza nos bairros, ações e blitze educativas, apresentações de teatro entre outras.
Em Três Corações o mutirão aconteceu no bairro Odilon Rezende Andrade. Funcionários da Secretaria de Obras passaram pelas ruas do bairro recolhendo materiais. Já os agentes da vigilância epidemiológica orientam os moradores sobre a prevenção, aplicam a larvicida e o fumacê manual nas residências. No período da manhã foram recolhidas cerca de cinco toneladas de lixo.
Já em Poços de Caldas, as ações contaram com a participação de 120 agentes de combates à endemias. O trabalho preventivo foi realizado no bairro Vila Menezes, na zona Leste da cidade, local com maior incidência de focos do mosquito. Na parte da manhã, mais de quatro caminhões com sucatas e lixos foram recolhidos no bairro.
Em Caxambu o mutirão contou com o apoio das Secretarias Municipais do Meio Ambiente, de Saúde e de Assistência Social. Os esforços se concentraram no bairro do Trançador, onde um caminhão, um trator e carros foram disponibilizados para que o lixo fosse recolhido.
Cidades participantes
Nesta segunda edição, o mutirão foi realizado em 44 cidades da região.
Confira a lista dos municípios participantes: Alterosa, Areado, Andradas, Boa Esperança, Bom Sucesso, Borda da Mata, Caldas, Camanducaia, Cambuquira, Campanha, Careaçu, Carmo da Cachoeira, Carmo de Minas, Caxambu, Conceição do Rio Verde, Coqueiral, Cristais, Divisa Nova, Fortaleza de Minas, Guaxupé, Itajubá, Itapeva, Itumirim, Itutinga, Machado, Monte Sião, Monsenhor Paulo, Nepomuceno, Olímpio Noronha, Ouro Fino, Passos, Pedralva, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Pouso Alto, Santa Rita do Sapucaí, Santa Rita do Sapucaí, Santo Antônio do Amparo, São Pedro da União, São Sebastião do Paraíso, Serrania, Três Corações, Tocos do Moji e Varginha.
Com informações do G1 Sul de Minas

PARABÉNS A EMPRESA PAKE PRODUÇÕES E EVENTOS, DESTAQUE DO ANO 2016.

HOJE ESTIVEMOS NA CIDADE DE CAMBUQUIRA ENTREGANDO O DIPLOMA DE CONSAGRAÇÃO PÚBLICA 2016 À ÓTIMA EMPRESA  PAKE PRODUÇÕES E EVENTOS. O DIPLOMA DE DESTAQUE DO ANO FOI ENTREGUE AO PROPRIETÁRIO CLEITON MENDES, QUE TAMBÉM É DESTACADO VEREADOR NA CIDADE. VEJAM COMO COMO FOI :






domingo, 19 de fevereiro de 2017

PARABÉNS TIME DA ALEGRIA TABAJARA DE BAEPENDI, UM TRABALHO MARAVILHOSO.

PARABENIZAMOS O TIME TABAJARA DE BAEPENDI, CONHECIDO COMO O TIME DA ALEGRIA QUE ESTÁ FAZENDO TRABALHO MARAVILHOSO NA SOCIEDADE BAEPENDIANA, COM VÁRIOS EVENTOS SOCIAIS. HOJE FORAM NO HOSPITAL DE BAEPENDI E FIZERAM UMA GRANDE FESTA PARA OS PACIENTES COM MÚSICAS E BRINCADEIRAS, LEVANDO AOS PACIENTES UM POUCO DE REFRIGÉRIO E PAZ NESTE MOMENTO DIFÍCIL EM SUAS VIDAS, ISTO FAZ AS PESSOAS FELIZES E COM ISSO MUITOS SÃO CURADOS E SE SENTEM FELIZES, ALEGRES E FORTES PARA ENFRENTAR AS ENFERMIDADES. O TIME TABAJARA DE BAEPENDI É GENTE QUE FAZ E MERECE TODOS OS NOSSOS ELOGIOS. VEJAM AS FOTOS TIRADAS POR ELES NO HOSPITAL HOJE. 












quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Lavras/MG
Juíza determinou que presos ajudarão no combate a dengue em Lavras
Eles vão trabalhar na limpeza em vias públicas e terrenos, recolhendo vasilhames e eliminando possíveis focos de dengue
A juíza Zilda Maria Youssef Murad Venturelli liberou 12 presos considerados de bom comportamento para prestar serviço a Prefeitura de Lavras no combate a dengue. Os presos vão trabalhar na limpeza de lotes, de ribeirões, bueiros e outros locais onde existe a possibilidade do mosquito reproduzir.
Os presos vão trabalhar com uniforme vermelho da Suapi (Subsecretaria de Administração Prisional) e serão monitorados durante o trabalho por agentes penitenciários.
O trabalho será realizado em locais onde acumula lixo, eles farão limpeza e o recolhimento de latas, garrafas, vasilhames que acumulam água.
Já as visitas às residências continuarão sendo feitas somente por agentes da Vigilância Epidemiológica, que estarão devidamente uniformizados e identificados.
Fonte: Jornal de Lavras
São Lourenço/MG
Autor é preso durante pesca irregular em São Louren
ço
Na tarde de 14 de fevereiro, a Polícia Militar de Meio Ambiente, durante patrulhamento pela margem direita do Rio Verde, em São Lourenço, deparou com dois indivíduos realizando atos de pesca irregular próximo à confluência do Rio Verde com afluente Ribeirão São Lourenço a menos de 500 metros de corredeira. No ato da fiscalização, foi verificado que o autor de 54 anos fazia uso de 01 rede de pesca. Ele já havia capturado dois quilos de peixes e na mochila do indivíduo havia 2 redes de pesca, 01 molinete e 02 armas brancas “facas”. O outro indivíduo não pode ser identificado, pois evadiu do local. Do fato, o autor foi preso em flagrante delito sendo encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de São Lourenço juntamente com o material apreendido. Os peixes foram inutilizados por falta de laudo sanitário.
Assessoria de Comunicação Organizacional da 17ª Cia PM Ind MAT
Paz no Trânsito, Natureza Viva!
Autor: P5 17ª Cia PM Ind MAT
FOTO ILUSTRATIVA

Começa em março o saque das contas inativas do FGTS

Nascidos em janeiro e fevereiro: Sacam em março
Nascidos em março, abril, maio: Sacam em abril
Nascidos em junho, julho, agosto: Sacam em maio
Nascidos em setembro, outubro, novembro: Sacam em junho
Nascidos em dezembro: Sacam em julho
Tem direito a sacar o dinheiro do FGTS quem tem saldo em uma conta inativa até 31 de dezembro de 2015. Uma conta fica inativa quando deixa de receber depósitos da empresa devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho. O trabalhador deve estar afastado do emprego pelo menos desde o fim de 2015. O trabalhador não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, que ainda receba depósitos pelo empregador atual.
Como consultar.
Pelo site da Caixa ou do próprio FGTS e através de aplicativo para smartphones e tablets (com versão para Android, iOS e Windows). É possível ainda fazer um cadastro para receber informações do FGTS por mensagens no celular ou por e-mail.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Quadrilha que está agindo na região mobilizou policiais de todo Sul de Minas

Estradas bloqueadas por viaturas policiais, sequestro e troca de tiros, foi assim a tarde de ontem na região
A tarde desta sexta-feira (10) teve grande movimentação policial na região. A Polícia Militar trocou tiros com uma quadrilha de criminosos que está agindo na região há mais de uma semana, os criminosos cometeram assaltos e sequestros em diversas cidades como: Carmo do Rio Claro, Ilicínea, Campo Belo, Carmo da Cachoeira, Santana da Vargem, Areado, Boa Esperança, Alfenas, Claudio, Três Corações, Nepomuceno, Três Pontas e Lavras.
Ontem a quadrilha assaltou um posto de combustíveis em Carmo da Cachoeira, os criminosos estavam em dois veículos que haviam sido tomados de assalto, era uma caminhonete Hillux tomada de assalto em Cláudio e uma Fiat Strada que foi roubada em um assalto em Três Corações.
Os criminosos levaram dinheiro e obrigaram os frentistas do posto a encher os tanques dos veículos, depois fugiram levando dois frentistas, sendo um homem e uma mulher. Na fuga eles trocaram tiros com a Polícia Militar na rodovia Fernão Dias, próximo a Três Corações.
Os bandidos fizeram uma conversão e voltaram sentido Lavras. Em Nepomuceno eles entraram pela BR-265, uma perseguição teve início e mobilizou as polícias de toda região do Sul de Minas. A refém que estava com os criminosos foi liberada próximo a Coqueiral. O rapaz, que estava de refém na Hillux, também foi libertado, ele contou para a polícia que teve muito medo, pois o motorista da caminhonete, quando deparou com uma barreira de viaturas na BR-265, próximo a Nepomuceno, deu meia volta e fugiu a 160 quilômetros por hora.
Um helicóptero da PM foi deslocado de Belo Horizonte para a região para tentar localizar os criminosos, mas eles conseguiram fugir por estradas vicinais. Um dos integrantes do bando foi identificado como sendo Ramon de Souza (foto), conhecido como "Ramonzinho", de 31 anos, morador da cidade de Boa Esperança.
De acordo com a polícia, "Ramonzinho" é conhecedor das estradas rurais de todo Sul de Minas, ele é responsável por mapear as rotas de fuga para a quadrilha.
A quadrilha é responsável também pelo sequestro do vereador e presidente da Câmara Municipal de Santana da Vargem, Expedito Alves de Oliveira (PSD), conhecido como "Dito". Ele foi levado por bandidos, chegou a tomar coronhadas na cabeça, foi libertado em Carmo da Cachoeira, mas perdeu o seu automóvel Ônix. A quadrilha, quando pegou o vereador, estava em fuga de um assalto na cidade de Alfenas, onde os criminosos tomaram de assalto uma caminhonete L-200.
Fonte: Jornal de Lavras
Com informações dos jornais Equipe Positiva, de Três Pontas, Portal Campo Belo e Polícia Militar. Fotos: redes sociais.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

BELLA SPOOSA EM BAEPENDI, A MAIS LINDA LOJA DE NOIVAS DA REGIÃO, VALE A PENA CONFERIR, EM FRENTE AO FÓRUM.





Vestidos lindíssimos que você só encontra na Bella Spoosa em Baependi. Com preços que cabem no seu bolso. Você sonha e a Bella Spoosa realiza, venha conferir!!!
Aberto de terça a sexta das 9:00 as 12:00 e das 13:30 as 18:00.

Com chuva 'insuficiente', Lago de Furnas tem nível pior do que 2016 Principal reservatório do Sudeste, lago fechou mês com 47,26% de volume. Segundo ONS, tendência é que volume atual aumente até maio.

Segundo o secretário executivo da Associação dos Municípios do Entorno do Lago de Furnas (Alago), Fausto Costa, o atual nível preocupa, já que está bem abaixo da cota 762, considerada ideal para a exploração do lago por empresários, piscicultores e turistas.
"Nós estamos em uma situação um pouco pior do que o ano passado. Em 2016, nesta mesma data, estávamos com 40 centímetros acima do nível atual. Deixa a gente um pouco mais preocupado porque nessa época do ano, o bom seria se estivesse uns quatro metros acima do que está hoje. Nós tivemos algumas situações chuvosas na região, tivemos chuvas isoladas, mas não foi capaz de carregar o lago porque a chuva foi pouca", diz Fausto Costa.


A esperança é que a chuva possa aumentar até o final do período úmido, que vai até o mês de maio. Segundo Costa, no ano passado, a chuva intensa ajudou na recuperação do reservatório, que chegou a ficar com 78,36% de seu volume útil em junho.
"Já começou a causar um pouco de preocupação esse nível de 761 porque a gente estabelece 762 como um parâmetro satisfatório para atender os clubes náuticos, os restaurantes à beira lago, já não deixa de preocupar um pouco os empreendedores, os empresários da região. Mas estamos em uma época boa, a vantagem é essa. Preocupa porque o bom é que ele atinja um nível bem elevado para suportar a seca do segundo semestre", completou Costa.
Recuperação e bandeira verde para a energia
Em 2016, o bom período de chuvas fez com que o Lago de Furnas se recuperasse e fechasse o ano com média de 63,52% do seu volume útil. Enquanto o melhor mês foi em junho (78,36%), o pior mês registrado foi justamente dezembro (46,79%). O desempenho foi bem melhor do que em 2015, quando o lago apresentou média de 24,02% de volume. Naquele ano, nesta mesma época, o lago tinha apenas 9,46% de seu volume útil.
"A tendência é que o volume atual aumente, visto que estamos no meio do período úmido - época que mais chove no país. O ONS não está vendo problemas com o abastecimento de energia. Muito pelo contrário, o abastecimento está garantido. Somente no ano passado, segundo o Ministério de Minas e Energia, entraram mais de 9.500 MW de nova capacidade instalada e a retração econômica vem freando o crescimento da demanda por energia, o que dá um certo alívio para a operação do sistema", informou o órgão ao G1 através de sua assessoria de imprensa.
veis dos reservatórios nas regiões Sudeste e Sul do Brasil já causa efeitos no bolso do consumidor. Conforme o ONS, tudo indica que a bandeira tarifária cobrada nas contas de energia ficará verde pelo menos até o mês de abril, fim do período de chuvas.
Outros reservatórios da região
A chuva de janeiro deixou alguns reservatórios da região em seu limite. Em Poços de Caldas (MG), a Represa Bortolan, que armazena água para geração de energia pelo Departamento Municipal de Energia (DME Poços de Caldas) chegou ao seu limite máximo ao fim de janeiro e já estava vertendo água. Na mesma situação estava a Represa Saturnino de Brito, construída para barrar enchentes na cidade. A Represa do Cipó, que represa água para uso residencial na cidade, também estava praticamente cheia.
Administrada pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), a Represa de Camargos, em Lavras (MG), que abastece a usina de mesmo nome, está atualmente com 40,48% de seu volume útil. Conforme a Cemig, o reservatório, que fica à montante (acima na posição do rio) das usinas de Itutinga e Funil, tem a função de guardar água no período das chuvas e utilizá-la para geração no período seco nas três usinas. Atualmente, as três usinas geram juntas apenas 30,9% da capacidade total instalada.
Segundo a Cemig, o período chuvoso 2016/2017 está se demonstrando abaixo da média histórica no Sudeste, o que compromete a recuperação plena dos reservatórios nesta região.
A previsão do ONS é que o índice pluviométrico para a região Sudeste em fevereiro corresponda a 85% da média histórica. Segundo o órgão, a perspectiva de volume dos reservatórios para o fim de fevereiro é de 46,4% na região Sudeste, acima dos 37% de hoje.

Agência dos correios é alvo de assaltantes em Nepomuceno, MG

Segundo a PM, dupla chegou em moto e levou um malote com dinheiro. Suspeitos fugiram sentido Rodovia Fernão Dias após assalto.

Uma agência dos correios foi assaltada na tarde desta segunda-feira (6) no Centro de Nepomuceno (MG). Segundo a Polícia Militar, dois homens armados chegaram em uma moto sem placa por volta de 13h30 e anunciaram o assalto. Eles fugiram e ninguém ficou ferido.
Ainda de acordo com a PM, os suspeitos levaram um malote com dinheiro, mas a quantia não foi divulgada. A dupla fugiu sentido BR-381 e, até esta publicação, nenhum suspeito havia sido preso.

A Prefeitura Municipal de Cássia (MG) anunciou nesta segunda-feira (6) o cancelamento do carnaval na cidade por causa da febre amarela.

Segundo comunicado oficial, a decisão foi tomada porque o município está próximo de uma área de risco da doença, como Delfinópolis (MG), onde já foram registradas mortes por febre amarela.
Na semana passada, a prefeitura chegou a divulgar a programação de shows para o carnaval, mas voltou atrás e cancelou as festividades deste ano. Com o anúncio, o tradicional "bloco das Frenéticas", em que homens se vestem de mulher, não deverá sair às ruas.

Mais cancelamentos
Outros municípios da região também anunciaram o cancelamento do carnaval deste ano, mas por outros motivos. Campo Belo (MG), Perdões (MG), Três Corações (MG) e Pouso Alegre (MG) alegaram falta de dinheiro para realizar a festa. Já a prefeitura de Cambuí (MG), decidiu cancelar o carnaval, também por falta de verba, mas principalmente por causa do aumento da violência na cidade.

Confira na íntegra o comunicado oficial divulgado pela Prefeitura de Cássia:

Comunicamos oficialmente que a Prefeitura Municipal de Cássia, após análise e debates internos, por meio de seu Prefeito e Secretários Municipais, cancela o carnaval em Cássia no ano de 2017. Tal decisão embasa-se nas medidas de controle e combate à febre amarela, que vem causando transtornos aos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo. Cidades da região, como Delfinópolis apresentam suspeitas de casos. Desta forma, todo cuidado é necessário para evitar que a doença atinja nossa cidade.

Programado desde o início da gestão, o objetivo era levar diversão e alegria a toda população e turistas. No entanto, acordamos que o bem estar social e manutenção de saúde, devem prevalecer aos objetivos carnavalescos. Levamos em conta a atual situação epidemiológica do Estado de Minas Gerais em relação a Febre Amarela, até o momento (02/02/2017), 777 casos notificados, sendo 37 desses descartados e 138 confirmados; 128 óbitos suspeitos, desses 51 foram confirmados, faz-se necessário uma intervenção de emergência nas ações preventivas.

O município de Cássia é considerado uma área de risco, devido sua área geográfica limítrofe com Delfinópolis, onde ocorreram 3 casos humanos de Febre Amarela seguidos de óbitos e morte de macacos confirmadas e notificadas, juntamente com os municípios de Capitólio (MG), Claraval (MG) e Doresópolis (MG), Guapé (MG), Ibiraci (MG), Passos (MG), São João Batista do Glória (MG), São José da Barra (MG), São Roque de Minas (MG), Vargem Bonita (MG), também considerados áreas de risco para a doença.

Importante ressaltar que temos um índice de infestação do mosquito transmissor da doença urbana, Aedes Aegypti de 1,75%, sendo estabelecido pela Secretaria de Estado de Saúde um indicador inferior a 1,0%. Este índice pode aumentar devido ao calor e excesso de chuvas.

Convidamos a população atentar-se para as medidas de prevenção contra a dengue, que são as mesmas da febre amarela. Convocamos, ainda, a população que vive em área rural, silvestre, de mata ou que vai viajar para essas localidades e ainda não tomou a vacina contra a febre amarela, que procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima e leve o cartão de vacinação.

A vacinação da população que vive em área urbana também é importante, porém, a prioridade são as áreas citadas, pois nenhum caso em área urbana foi detectado até o momento.

Aproveitamos o comunicado para nos desculparmos com todos os fornecedores, artistas, comerciantes e demais envolvidos no evento que estavam contratados, com estruturas fechadas e toda mão de obra finalizada. Sabemos que a programação incentivaria e economia municipal, porém, não prevalece aos nossos cuidados.

Certo da compreensão de todos, que também prezam por sua saúde e vida, nos sentimos menos prazerosos.

Acima de tudo, prezamos pela vida. / FONTE: G1 SUL DE MINAS

domingo, 5 de fevereiro de 2017


O PASTOR MARCO ARJA DA IGREJA CEO EM BAEPENDI ESTÁ VENDENDO UMA ÓTIMA CASA, NO CENTRO DA CIDADE, EM FRENTE A RODOVIÁRIA. CASA GRANDE E EM ÓTIMO ESTADO DE CONSERVAÇÃO. VALE A PENA CONFERIR:
PREÇO R$ 450.000,00
2 salas 3 quartos 2 banheiros 1 cozinha 1 cômodo que serve de cozinha ou quarto que é do lado de fora e área coberta
Não tem garagem
Se quiser garagem é outro preço pq aí tem que ceder um ponto comercial



sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

PARABÉNS EQUIPE TABAJARA DE BAEPENDI QUE VEM DESENVOLVENDO UM ÓTIMO TRABALHO SOCIAL NA CIDADE.
DESTA VEZ ELE VÃO FAZER UMA GRANDE ANIMAÇÃO PARA OS PACIENTES HOSPITALIZADOS, VAI TER PALHAÇOS, MÚSICAS, PALAVRA DE DEUS E OUTRAS DIVERSÕES. NOTA 1000 PELA LINA INICIATIVA E EXEMPLO. TUDO A PARTIR DAS 3 DA TARDE.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

CAMINHÃO BATE EM ARVORE E MOTORISTA FICA FERIDO PRÓXIMO A SÃO LOURENÇO


Um acidente com um caminhão caçamba com placas de Pouso Alegre-MG, mobilizou equipes de resgate do Corpo de Bombeiros e Samu, na manhã desta quinta feira (26/01) na rodovia BR-460, na altura do bairro Taboão. 

Caminhão bate violentamente contra árvore na BR-460 / Fotos: Rogério Brasil

Chovia no momento do acidente, que ocorreu por volta das 6:00hs, sendo que motorista do caminhão, após perder o controle do veículo por causas ainda desconhecidas acabou colidindo violentamente contra um eucalipto as margens da rodovia. Ele ficou preso entre as ferragens e foi desencarcerado pelos Bombeiros e levado para o pronto socorro do Hospital São Lourenço. De acordo com as primeiras informações, ele teria sofrido fratura nas duas pernas, além de um corte na cabeça.

Morador do Taboão flagra atendimento do resgate de caminhoneiro / Foto: Leitor Repórter
O helicóptero Arcanjo, do Corpo de Bombeiros também esteve no local e pousou na vegetação as margens do bairro Taboão, o que chamou a atenção dos moradores, mas a aeronave acabou sendo dispensada. A Polícia Militar Rodovia sinalizou o trecho, que ainda requer cuidados dos motoristas, visto que até o meio dia, o caminhão ainda se encontrava no local.

Da Redação do Popular.ne

sábado, 14 de janeiro de 2017

Cirurgias bariátricas tiveram início no Hospital São Lourenço


Confirmando exercer papel de referência da região, o Hospital São Lourenço realizou, há dois meses, as primeiras cirurgias bariátricas (conhecidas, popularmente, como redução de estômago) da instituição. Conforme explicou o dr. Rodrigo Marques, cirurgião bariátrico de Belo Horizonte e que está coordenando o novo serviço, a realização das cirurgias foi um marco importante. “Há cerca de oito meses, iniciamos as primeiras avaliações dos pacientes que nos procuraram. Agora, as ações do serviço hospitalar, do bloco cirúrgico e da ala de internação funcionaram de forma exemplar. Os pacientes já receberam alta e estão em acompanhamento ambulatorial, com boa evolução”, avaliou. O pós-operatório da cirurgia bariátrica é mais longo, com um acompanhamento de dois anos, em média: as consultas são semanais e, depois, vão se espaçando. É mantido acompanhamento psicológico e nutricional bem de perto, pois a readaptação alimentar é importante. “Eventuais cirurgias reparadoras são realizadas bem mais à frente, após pelo menos um ano e meio da bariátrica”, explicou Rodrigo.

Da esquerda para a direita: dra. Caroline Coutinho, dr. José Roberto Constantino (coloproctologistas), Alessandra Pereira (paciente)
 e dr. Rodrigo Marques (cirurgião bariátrico).

Alessandra Ribeiro Pereira foi a primeira paciente operada no Hospital São Lourenço. Moradora de Baependi, ela se disse impressionada com o atendimento em geral. “Fui muito bem atendida em todas as áreas. Nunca havia feito uma cirurgia e fui fazer logo essa, que é muito complexa. Mas todos estão de parabéns”, ressaltou. Para Alessandra, o mais importante é a pessoa querer e lutar. “Não apenas por estética, mas por uma vida melhor. Você querendo, mesmo, tudo fica mais fácil. O dr. Rodrigo me passou todas as informações, me tranquilizou. Recomendo a quem precisa dessa cirurgia que corra atrás, pois terá êxito. Agora é o começo de uma nova vida. Não tive nada de mais, apenas o normal de uma cirurgia. Caminho bem e me recupero otimamente”, resumiu. Outra profissional fundamental no sucesso das duas primeiras cirurgias foi a nutricionista Livia Filgueiras Carvalho, especializada no acompanhamento nutricional de pacientes em pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica. “Adotei um acompanhamento nutricional com foco na adequação do comportamento alimentar e estilo de vida como um todo, essencial para o sucesso da cirurgia em curto, médio e longo prazos”, explicou.


Equipe da primeira cirurgia bariátrica realizada no Hospital São Lourenço

A demanda de pacientes na região é grande, disse o dr. Rodrigo Marques. “Até o momento, 25 pessoas me procuraram para avaliação, buscando um tratamento de qualidade, já que o nível de atendimento daqui é, rigorosamente, o mesmo de centros maiores”, disse, acrescentando que uma futura oferta da cirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é possível. “Alguns municípios no país realizam a bariátrica pelo SUS; então, é um caminho natural também lutarmos por isto, embora deva demorar um pouco. Mas o essencial é que o Hospital está buscando disponibilizar a cirurgia da forma mais acessível possível, seja particular ou mesmo, futuramente, por planos de saúde”. Também parceiros na implantação da cirurgia bariátrica, os drs. José Roberto Constantino e Caroline Coutinho (coloproctologistas do Corpo Clínico do Hospital) explicam que a cirurgia bariátrica é uma das modalidades a serem oferecidas, mas o objetivo é de que não seja a única. “Após muitos contatos com a Diretoria do Hospital, percebemos a intenção de se criar um serviço avançado de cirurgia videolaparoscópica, com outros procedimentos também realizados por vídeo, tornando-os ainda mais seguros e menos invasivos, com tempo menor de recuperação dos pacientes”. No mesmo sentido, Rodrigo destacou as melhorias que já estão sendo feitas no Hospital, notadamente na área de capacitação profissional e de estrutura física/Ala 1. “Se o paciente tem, à disposição, acomodações confortáveis, sente-se ainda mais seguro quanto ao procedimento. E vejo também que a equipe de profissionais está muito interessada em evoluir na área, participando de cursos específicos e atuando com muita dedicação”. Assim, o Hospital São Lourenço inicia 2017 com melhorias já conquistadas - e outras ainda estão por vir.
Marcos Querino

CAXAMBU : Prefeitura estuda viabilidade para implantação da coleta seletiv




Reunião com o Secretário de Meio Ambiente e a ASCAMARC - Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Caxambu, para estabelecer uma parceria e ver a viabilidade de implantação da Coleta Seletiva de Lixo, uma de nossas propostas de governo e meta para essa gestão.