quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Grave acidente envolvendo três veículos deixa uma vítima fatal em São Lourenço

Um acidente grave envolvendo três veículos na tarde desta Segunda-feira, por volta de 16:50 mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros e SAMU no Bairro Palmela, município de São Lourenço.
Segundo informações colhidas com os militares da Polícia Rodoviária Estadual que atenderam a ocorrência, um caminhão caçamba de cor azul e placas de Carmo de Minas-MG que seguia sentido bairro Jardim Nhá Chica teve seu eixo partido em uma curva vindo a se chocar contra um barranco e virar na estrada. Com a perda do controle, o motorista do caminhão veio a colidir o veículo contra a lateral de uma caminhonete de cor prata pertencente a um promotor de justiça da comarca de São Lourenço que apesar de muito abalado e chocado não sofreu ferimentos. Uma motocicleta de cor vermelha também foi atingida e seu condutor teve ferimentos graves e foi conduzido inconsciente para o Hospital São Lourenço por uma equipe do SAMU.
Segundo os oficiais, o condutor do caminhão foi conduzido consciente para atendimento no Hospital São Lourenço.
O motociclista que também foi atingido foi conduzido para atendimento, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital São Lourenço. Segundo informações de conhecidos, ele era funcionário de uma marmoraria e no momento da colisão ele estava a trabalho.
Fonte: Pablo Dias Noticias

Quatro cidades do Sul de Minas terão apenas um candidato para prefeito

Ao todo, 106 municípios do país apresentam situação semelhante. Para cientista política, a falta de opção enfraquece o poder de escolha.
Em 2016, moradores de todo o Brasil vão poder escolher o prefeito de suas cidades. No entanto, em 106 municípios do país, apenas um candidato concorrendo à prefeitura. Quatro deles no Sul de Minas. Divisa Nova, Bom Jesus da Penha, Carrancas e Espírito Santo do Dourado são as cidades da região com apenas um candidato. Para a cientista política Terezinha Richartz, a falta de opção enfraquece o processo democrático. "[Poder de escolha] é você ter pelo menos mais de um candidato para você poder escolher e analisar a plataforma de governo", diz.
No entanto, Elias Tassoti (PTB), candidato a prefeito de Divisa nova, discorda. Aos 46 anos, já foi vice-prefeito da cidade e acredita que o fato de ser a única opção dos eleitores não representa um problema.
"Se tivesse sido um acordo governista, de cima para baixo, de partidos, a gente teria um peso de consciência. Mas eu sabendo que isso foi vontade popular, eu fico muito contente e eu não vejo problema neste aspecto", explica.
Nestes casos, até existem as opções de votar em branco ou nulo, mas o candidato só não vence se não tiver a maioria simples dos votos. Para a cientista política, isso deixa o eleitor de mãos atadas.
"Já que só tem um candidato, etnão as pessoas, mesmo que a maioria opte por não votar neste candidato, ele acaba se elegendo. Então eu acho que o processo democrático fica fragilizado, já que o direito de escolha, de alguma forma, é tolhido à população", diz Terezinha.
Fonte: G1 Sul de Minas/EPTV
(Foto de Divisa Nova : Reprodução EPTV)
Polícia Militar de Minas Gerais lança projeto Celular Seguro
A Polícia Militar de Minas Gerais lançou uma ferramenta online que deve dificultar a vida dos ladrões de telefones celulares. O projeto Celular Seguro permite qualquer pessoa cadastrar, no site criado pela corporação, o IMEI, a identidade numérica única que cada celular recebe quando é fabricado.
Após o cadastro, caso ocorra um roubo ou furto do celular, os policiais militares, ao recuperar o aparelho, poderão consultar de forma rápida e entrar em contato com a vítima para que ela tenha o celular restituído.
Acesse a ferramenta e saiba mais: http://goo.gl/uJxdqJ
Entenda como funciona o ciclo de roubos de celulares: http://goo.gl/q9tRjC
FONTE; JORNAL I9MINAS

terça-feira, 23 de agosto de 2016

EXTRATO DE EDITAL PARA CHAMADA PÚBLICA – AGRICULTURA FAMILIAR


A Caixa Escolar EMÍIA MARIA DE JESUS realiza Chamada Pública nº 02/2016 para Aquisição de Gêneros Alimentícios da Agricultura Familiar, do Empreendedor Rural ou de suas organizações para Alimentação Escolar. Os Grupos Formais e Informais deverão apresentar a documentação prevista artigo 27 da Resolução FNDE nº 26/13, para habilitação e Projeto de Venda até o dia 18/09/2016, DA 08:00 às 17:00 na EE ANÍSIO ESAÚ DOS SANTOS, localizada na ZONA RURAL BAIRRO SÃO PEDRO – Município de Baependi-MG – CEP 37443-000 – e-mail: escola.171026@educacao.mg.gov.br . Os quantitativos e gêneros alimentícios estão disponível na página da Internet: http://portal.educacao.mg.gov.br/agf.

CORPO ACHADO NO RIO VERDE

Segundo Bombeiros, tudo indica que corpo é de rapaz de 18 anos.

Ele teria pulado no Rio Verde após assalto em posto em Três Corações.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a identificação da vítima vai ficar a cargo da Polícia Civil. No entanto, conforme a vestimenta e características, a princípio o corpo seria mesmo do rapaz que estava desaparecido.
Procurado desde quinta-feira
O jovem de 18 anos teria pulado no Rio Verde ao fugir da polícia na noite de quinta-feira (18). De acordo com a Polícia Militar, o rapaz é suspeito de envolvimento em um assalto a um posto de combustíveis na Rodovia Fernão Dias. Dois homens foram detidos suspeitos do crime.
Após iniciarem uma ronda pela região, a polícia encontrou o veículo que teria sido usado no crime na Avenida Otacílio Pereira Amorelli, no bairro Vila Fernão Dias, em Três Corações. Dois homens, o jovem e uma mulher foram abordados próximo ao carro.Segundo a PM, o jovem e outros dois homens chegaram em um carro no posto de combustíveis e, armados, anunciaram o assalto. No local, renderam o frentista, que foi agredido pelos criminosos. O trio fugiu levando pouco mais de R$ 1,4 mil em dinheiro. A vítima informou aos policiais que os homens seguiram sentido ao trevo de Varginha (MG).
Ao avistar a viatura, o jovem teria fugido a pé. Em perseguição ao assaltante, segundo a polícia, houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. O suspeito foi seguido até as margens do rio, quando ele entrou na água e não foi mais visto pelos militares

Juiz cassa mandatos e suspende direitos políticos de vereadores de Guaxupé

Os edis foram condenados por improbidade administrativa e deverão ressarcir ao erário valores recebidos indevidamente
O juiz Milton Biagioni Furquim, da 1ª Vara Cível e da Infância e da Juventude de Guaxupé, sul de Minas, condenou doze vereadores da cidade a ressarcir aos cofres públicos valores recebidos de forma ilícita, que totalizaram R$ 159.662,06. Eles terão ainda que pagar uma multa civil correspondente a três vezes o que cada um recebeu indevidamente.
A decisão, que se deu em ação civil pública movida pelo Ministério Público, determinou também a cassação do mandato de dez dos vereadores e a suspensão de seus direitos políticos por 8 anos. Por fim, foi determinada a nulidade de uma portaria e de duas leis municipais aprovadas por eles.
O Ministério Público moveu a ação após receber representação de integrantes do Movimento Acorda Brasil de Guaxupé.
Consta na denúncia que, em dezembro de 2013, a Câmara Municipal de Guaxupé aprovou alterações na lei que fixava critérios pra cobertura de despesas de viagens dos vereadores e servidores da Câmara. Os atos permitiram a utilização indevida de R$ 159.662,06. Foi apurado que a medida se deu para compensar uma perda salarial dos vereadores ocorrida por conta da assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).
Segundo o juiz, “os réus agiram dolosamente no intento de compensar seus ganhos de maneira ilícita e irregular ao apreciar e votar pela edição de leis e portaria flagrantemente inconstitucionais”.
As condutas dos vereadores “representam grave afronta aos pilares éticos da administração pública”, afirmou.
Fortalecimento das instituições
Na decisão, o juiz Milton Furquim comentou que há 20, 30 anos, era impensável a prisão e devassa na vida de políticos, banqueiros, grandes empresários, fatos que vêm ocorrendo hoje no Brasil. Ele credita essa mudança de rumos ao fortalecimento das instituições e a um moderno corpo de leis, aliada à crescente fiscalização popular.
Para ele, no entanto, “todos esses inegáveis avanços não escondem uma incômoda verdade: corrupção existiu, existe e sempre vai existir.” “De qualquer forma”, continua, “evoluímos bastante e, assim sendo, fica a chamada de despertar para os novos tempos.”
Leia a íntegra da sentença.
Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom
TJMG - Unidade Raja Gabaglia
(31) 3299-4622
ascom.raja@tjmg.jus.br
facebook.com/TribunaldeJusticaMGoficial
twitter.com/tjmg_oficial
flickr.com/tjmg_oficial

domingo, 21 de agosto de 2016

Dois candidatos disputarão a Prefeitura de Baependi; veja os nomes, os partidos e quanto declararam à Justiça Eleitoral

De acordo com as informações inseridas no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 7 candidatos disputarão a prefeitura de Caxambu. Por lei, os candidatos são obrigados a cadastrar a declaração de bens em sua candidatura no TSE .

Confira quem são os candidatos a prefeito de Baependi
:
Cláudio Augusto de Carvalho (Cláudio Rollo)
Partido PDT - Nº 12
Nascimento 09/09/1956
Grau de instrução Superior completo - Ocupação Odontólogo
Coligação BAEPENDI TEM JEITO - PDT/PMDB/SD
Total de bens R$255.767,28

Marcelo Faria Pereira (Marcelo do Engenho)
Partido PROS - Nº 90
Nascimento 15/06/1968
Grau de instrução Ensino Médio incompleto - Ocupação Produtor Agropecuário
Coligação BAEPENDI EM MÃOS SÉRIAS - PROS/PTB/PSDB/PSB/PSD/PT
Total de bens R$483.776,87
Fonte: Jornal I9Minas

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

ELEIÇÕES 2016 - Conheça as atribuições do Vereador

O que o seu vereador fez e o que o seu candidato está oferecendo está dentro da realidade? Fique bem informado para depois não reclamar.
O Vereador é a pessoa eleita pelo povo para cuidar do bem e dos negócios do povo em relação à administração pública, ditando as leis necessárias para esse objetivo, sem, contudo, ter nenhum poder de execução administrativa.
Portanto, não pode prometer, já que não tem poderes para cumprir e/ou realizar obras, resolver problemas da saúde, da educação, do esporte, da cultura, do lazer, do asfalto, do meio ambiente, do trânsito, dos loteamentos e casas populares, etc.
Sua atribuição é auxiliar a administração nesses objetivos, por meio de Indicações e/ou Requerimentos.
Os Vereadores têm quatro funções principais:
Função Legislativa: consiste em elaborar as leis que são de competência do Município, discutir e votar os projetos que serão transformados em Leis, buscando organizar a vida da comunidade.
Função Fiscalizadora: o Vereador tem o poder e o dever de fiscalizar a administração, cuidar da aplicação dos recursos, a observância do orçamento. Também fiscaliza através do pedido de informações.
Função de Assessoramento ao Executivo: esta função é aplicada às atividades parlamentares de apoio e de discussão das políticas públicas a serem implantadas por programas governamentais, via plano plurianual, lei de diretrizes orçamentárias e lei orçamentária anual (poder de emendar, participação da sociedade e a realização de audiências públicas).
Função Julgadora: a Câmara tem a função de apreciação das contas públicas dos administradores e da apuração de infrações político-administrativas por parte do Prefeito e dos Vereadores.
Fonte: TSE
Varginha tem novas opções de voos; Projeto de integração regional aérea já começou
Governo de Minas Gerais inicia voos do projeto de integração regional aérea (Foto: Márcio Borges / Varginha Online)
O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), iniciou nesta quarta-feira (17/8) a implementação do Projeto de Integração Regional de Minas Gerais - Modal Aéreo (Pirma).
A partir de agora, serão oferecidos 60 voos por semana, sem escalas, ligando o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, a 12 cidades do interior: Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Juiz de Fora, Muriaé, Patos de Minas, Ponte Nova, São João del-Rei, Teófilo Otoni, Ubá, Varginha e Viçosa.
 
O voo inaugural realizado nesta quarta-feira levou autoridades e representantes institucionais à cidade de São João del-Rei, em um percurso de aproximadamente meia hora. Entre os passageiros estavam o presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco, a diretora de Fomento à Indústria Criativa da Codemig, Fernanda Machado, o presidente da Fiemg, Olavo Machado Júnior, e o presidente da Federaminas, Emílio Parolini.
 
O presidente da Codemig destacou a importância da aviação regional para o desenvolvimento de diversos territórios de Minas Gerais: “É uma iniciativa inédita do Governo do Estado para estimular negócios e dinamizar a economia dessas regiões. O transporte aéreo é sempre um fator de transformação”, salientou Castello Branco.
 
O primeiro passageiro a embarcar em um voo do Pirma foi o médico pediatra Paulo Henrique Corrêa. Ele tem a fotografia como hobby e aproveitou a oportunidade de visitar São João del-Rei, indo e voltando no mesmo dia, para fazer fotos na cidade histórica. “Eu adorei a ideia dos voos para o interior e já estou programando a próxima viagem, que será para Diamantina”, afirmou.
 
As vendas dos vouchers de voo são feitas pelo site www.voeminasgerais.com.br. Em média, cada voo cobrirá 200 quilômetros, terá duração de 40 minutos e custará cerca de R$ 300 por passageiro.
 
As viagens são oferecidas em aviões de pequeno porte, modelo Cessna Grand Caravan 208 B, homologados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para o transporte de até nove passageiros. A companhia aérea que presta o serviço é a Two Táxi Aéreo, vencedora da licitação realizada pela Codemig.
 
As rotas e frequências dos voos foram definidas preferencialmente para cidades não atendidas pela aviação regular e a partir de uma pesquisa de mercado, que ouviu 2.100 pessoas em 31 municípios do estado, para identificar a demanda pelo transporte aéreo nessas localidades.
 
Em uma segunda etapa, confirmada a sustentabilidade técnica e econômica do projeto, poderão ser incluídas novas localidades e ampliada a frequência dos voos.
 
O uso de aeronaves de pequeno porte para o transporte de passageiros e cargas é usual na região Norte do Brasil. Em Minas Gerais, a Codemig está investindo no empreendimento para estimular a cultura da aviação regional, com potencial para se tornar uma operação sustentável, capaz de fomentar o turismo e os negócios em todas as regiões do estado.
 
Pirma e aviação
 
O Projeto de Integração Regional de Minas Gerais - Modal Aéreo busca fomentar os negócios regionais, desenvolver o turismo e facilitar o deslocamento de moradores do interior a Belo Horizonte, permitindo que tenham acesso rápido a eventos e serviços disponíveis na capital. 
 
Para Minas Gerais, que possui uma área total de quase 600 mil quilômetros quadrados, o investimento na regionalização por meio do transporte aéreo é estratégico e contribui para a redução das desigualdades nos 17 territórios de desenvolvimento definidos pelo Governo do Estado.
 
Segundo informações da Anac Minas Gerais conta atualmente com 121 aeródromos privados e 86 públicos. A administração, manutenção e exploração dos aeródromos públicos são atribuições da União.
 
A Setop vem trabalhando em processos de delegação União-Estado, possibilitando investimentos do Governo estadual em reformas, melhorias e posterior delegação aos municípios ou empresas para operação e manutenção.

domingo, 14 de agosto de 2016

GRANDE INCÊNDIO NA MATA PERTO DA FUNABEM E HOSPITAL DE CAXAMBU NESTE DOMINGO



FOGO GRANDE AGORA NO CENTRO DE CAXAMBU ENTRE A ANTIGA FUNABEM E O HOSPITAL. ESTÁ QUEIMANDO GRANDE PARTE DA MATA. 


quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Epamig desenvolve 'refrigerante do bem', bebida láctea saudável

Produto à base de soro do leite tem alto valor nutricional e ajuda a prevenir doenças como catarata e degeneração macular
Foto de Jornal I9 Minas.
Um 'refrigerante do bem' é a grande novidade que poderá beneficiar quem não abre mão de se refrescar com este tipo de bebida, mas quer manter a saúde. A Empresa de Pesquisa e Agropecuária de Minas Gerais Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT)está desenvolvendo um produto lácteo carbonatado acidificado, inédito no mercado.
A bebida é fabricada à base de soro de leite e leite, enriquecido com luteína, que confere mais valor nutricional em relação a outros e não existe nenhum produto similar nas lojas.
“Além de ser muito refrescante, se comparada às bebidas tradicionais, apresenta maior valor nutricional por veicular não apenas 'calorias vazias', mas proteínas, vitaminas e minerais, além de ser uma alternativa para aproveitamento racional e sustentável do soro de leite, considerado um produto nutritivo, altamente aceitável e com custo reduzido”
Junio de Paula, pesquisador e coordenador desta pesquisa na Epamig
De acordo com o pesquisador, o soro do leite é muito rico nutricionalmente. O alimento possui cerca de 0,8 % de proteínas de alto valor biológico, em razão de sua composição e tem alta concentração de aminoácidos essenciais com biodisponibilidade (facilmente absorvido pelo trato intestinal).
“O soro constitui fonte de cálcio, sódio, magnésio, potássio e fósforo, além de conter a maior parte das vitaminas hidrossolúveis presentes no leite, sendo particularmente rico em vitaminas do complexo B”, destaca.
O prazo de validade estendido da bebida láctea é outro diferencial. "O produto pode durar até 90 dias sob temperatura ambiente ou refrigeração sem alteração das proteínas do leite", completa.
A bebida láctea acidificada desenvolvida na Epamig ILCT pode ser considerada um alimento funcional.
Além de nutrir, traz benefícios à saúde porque é adicionada de luteína, um dos principais pigmentos maculares contidos na retina humana, sendo responsável por duas funções fundamentais: proteger a mácula (área da retina responsável pela visão de detalhes) contra o estresse oxidativo (função antioxidante) e filtrar a luz azul de alta energia, melhorando a acuidade visual.
Por meio desses mecanismos, se acredita que a luteína possa contribuir para a diminuição do risco de ocorrência de catarata e de degeneração macular relacionada à idade.
O produto é resultado de projeto de pesquisa da Epamig ILCT, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapemig), e ainda está em fase de estudos e planejamento para avaliar a produção em larga escala e sua colocação no mercado por meio de parcerias com instituições de pesquisa e empresas.
Sem problemas ambientais
Elaborada à base de soro de leite proveniente da fabricação de diversos tipos de queijos, o produto ajuda a eliminar um problema ambiental em relação ao soro que, muitas vezes, é dispensado na natureza sem qualquer tratamento ou utilizado para alimentação animal.
“O processo de fabricação da bebida tem custo reduzido e não demanda grandes investimentos, podendo ser facilmente produzida e comercializada pelas pequenas indústrias de laticínios”, observa Junio de Paula.
Mostra Inova Minas Fapemig
A pesquisa bebida láctea carbonatada acidificada adicionada de luteína está entre os projetos de destaque que participaram da Inova Minas, realizada no primeiro final de semana de agosto, no circuito Praça da Liberdade, em Belo Horizonte.
Organizado pela Fapemig, o evento mostrou os avanços científicos que influenciam a vida dos cidadãos.


Foto de Jornal I9 Minas.
Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia
O refrigerante do bem também irá integrar a Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia (Finit), de 9 a 13 de novembro no Expominas, que e vai concentrar três eventos: a Campus Party, a 100 Open Startups e a DemoLatam.
Todos as feiras acontecem simultaneamente e devem atrair investidores, estudantes, acadêmicos e demais interessados no tema tecnologia e inovação.
Fonte: Agência Minas

Polícia Civil de Três Corações quer saber por que o padre Bonifácio Buzzi voltou à ativa sacerdotal, mesmo sendo condenado por pedofilia

Três Corações/MG
PC de Três Corações quer que igreja explique por que aceitou padre condenado de volta
A morte do padre Bonifácio Buzzi, de 57 anos, que se matou em uma cela na Penitenciária de Três Corações na manhã de domingo, dia 7, não vai extinguir o inquérito que apura as denúncias dos abusos sexuais a duas crianças, de 9 e 13 anos. As acusações são de estupros ocorridos em maio deste ano, numa comunidade carente da zona rural de Três Corações.
Devido a grande repercussão do caso, o delegado regional daquela cidade, Pedro Paulo Marques, concedeu uma entrevista coletiva na tarde de hoje, segunda-feira, foi ele que prendeu o padre na sexta-feira. Ele disse que o objetivo agora é apurar as responsabilidades pelo retorno do padre às atividades religiosas na comunidade, mesmo ele estando em regime semiaberto, depois de condenado a quase 20 anos de prisão por crime de pedofilia.
O padre Buzzi foi citado no filme americano Spotlight – segredos revelados, que foi vencedor do Oscar de Melhor Filme de 2016. O filme é um drama biográfico que revela como a Igreja Católica acobertou abusos sexuais de crianças e adolescentes praticados por seus sacerdotes.
Na entrevista coletiva, o delegado Pedro Marques disse que o padre Bonifácio Buzzi foi visto com vida pela última vez às 19h, por um detento que distribui as marmitas nas celas. Um inquérito foi aberto para investigar as circunstâncias da morte do acusado, apesar do delegado considerar, com base nos levantamentos iniciais dos peritos, que é um caso de autoextermínio, suicídio. Ele se enforcou ontem usando uma corda feita com lençol, conhecida como "teresa" na cela em que estava sozinho.
O inquérito sobre os abusos estão a cargo da delegada Ana Paula Gontijo, de Três Corações. De acordo com as investigações, o padre, depois de ser colocado em liberdade do Manicômio Judiciário "Jorge Vaz", em Barbacena, onde cumpria medida de segurança, seguiu para o Sul de Minas, com carta de recomendação, e reiniciou o sacerdócio na Comunidade Evangelizadora Magnificat (CEM), que fica no km 88 da MG-167, entre Três Corações e Cambuquira. Embora não fizesse celebrações, era reconhecido como padre e frequentava as casas das crianças.
Buzzi conseguiu conquistar sem dificuldade a confiança das pessoas, elas são humildes e não tinham informações sobre seu passado. Bonifácio Buzzi é acusado de abusar sexualmente de dois meninos, um de 9 e 13 anos, moradores da comunidade, ele usava como pretexto fazer pescarias com as crianças. No local, ele teria usado o argumento de que havia carrapatos, para que as crianças tirassem suas roupas, para então praticar os abusos.
O padre Bonifácio Buzzi já tinha duas condenações pelo mesmo crime: em 1995, ao ser flagrado abusando de dois meninos com 10 e 15 anos, em Santa Bárbara, Região Central, ficou quatro anos em prisão domiciliar; em 2001, manteve relação sexual com um menino de 9 anos, depois de celebrar missa em uma igreja do Distrito de Mainart, em Mariana, na mesma região. Pelo crime, foi condenado a quase 20 anos, mas foi colocado em liberdade depois de cumprir parte da pena.
Fonte: Jornal de Lavras

ZOOLÓGICO DE VARGINHA, VALE A PENA VISITAR

Catorze novos animais chegam ao zoológico de Varginha, MG
São 12 araras-vermelhas, um gato-mourisco e uma cobra píton. Visitação pode ser feita todos os dias das 8h às 16h30; entrada a R$ 2.
O zoológico de Varginha (MG) que completou 50 anos de existência neste ano recebeu novos moradores. São 12 araras-vermelhas, um gato-mourisco e uma cobra píton. Com a chegada destes animais, o zoológico conta agora com 400 animais.
Em julho de 2015, o zoológico já havia recebido 80 novos animais, entre jiboias, papagaios, guaxinins e até filhotes de onça que estavam no centro de triagem de animais selvagens do Ibama, em Belo Horizonte (MG).
A visitação no zoológico de Varginha pode ser feita todos os dias das 8h às 16h30. A entrada custa R$ 2. Crianças menores de 5 anos e idosos não pagam.
Reaberto em 2015
O zoológico foi reaberto em fevereiro de 2015. O espaço estava fechado desde 2009 após uma determinação da Advocacia Geral da União (AGU) e do Ibama. Na época o local abrigava cerca de 300 animais e apresentou irregularidades na acomodação dos bichos. A reforma chegou a ser iniciada mais de uma vez, mas sempre era paralisada, até que em outubro de 2014, uma das etapas foi concluída e a reabertura foi autorizada.
Fonte: G1 Sul de Minas/EPTV
Foto Ilustrativa

VEM AÍ A MAIOR FESTA DA SOCIEDADE SUL MINEIRA " DESTAQUE DO ANO 2016 " EM SETEMBRO NO LUXUOSO PALACE HOTEL DE CAXAMBU. NA FOTO O BADALADO CANTOR NACIONAL LUAN HOSPEDADO NO PALACE ESTA SEMANA COM O PROPRIETÁRIO PEPE E O MÉTRI ANDERSON, NOSSOS PARCEIROS DE MUITOS ANOS





terça-feira, 9 de agosto de 2016

TRAGÉDIA, ACIDENTE VIOLENTO ENTRE BAEPENDI X CAXAMBU,

CARRO DE CAXAMBU BATE NUM CAMINHÃO DE BAEPENDI, DUAS PESSOAS FALECERAM NA HORA, SR. ADÃO E MANUELA DE 8 ANOS, AINDA ESTÁ NO HOSPITAL DE BAEPENDI UM MENINA MARIA EDUARDA, SENDO ATENDIDA, MAS GRAÇAS A DEUS PASSA BEM. ESTIVEMOS COM O MOTORISTA DO CAMINHÃO QUE ESTAVA DEMAIS ABORRECIDO COM ESTE ACIDENTE GRAVE E FATAL. ESTIVEMOS NO LOCAL DO ACIDENTE E FOTOGRAFAMOS O CAMINHÃO ACIDENTADO, A VEÍCULO QUE ERA DIRIGIDO PELO SR. ADÃO JÁ TINHA SIDO RECOLHIDO AO PÁTIO CREDENCIADO PELO DETRAN. O ACIDENTE FOI NA PRIMEIRA CURVA APÓS A CEMIG.  VEJAM AS FOTOS: 




sexta-feira, 29 de julho de 2016

PREÇO DO FEIJÃO CAI NA REGIÃO.

Aos poucos vai caindo. Em Caxambu que esta difícil, em São Vicente de Minas a 80km da cidade, o preço do feijão mais vendido em nossa região, o carioquinha está mais barato, ou seja, R$ 9,60, olha que Caxambu está somente a 29 km do fornecedor que é de São Lourenço. Aí vem a conversa que o estoque pode ser antigo, para tudo tem um jeito, basta querer. O preço pra cá caiu a mais de 1 semana, finaliza Diego c. Teixeira. 
FONTE: DIEGO C. TEIXEIRA / JORNAL ARTE 3

Cidades do Sul de Minas se animam com possível reativação dos cassinos

Projeto de lei que pode trazê-los de volta tramita na Câmara e no Senado. Municípios como Caxambu, Lambari e Poços de Caldas aguardam.
Um projeto de lei, que tramita na Câmara Federal e no Senado, tem deixado moradores de cidades turísticas do Sul de Minas sonhando com a volta dos cassinos. Proibido no Brasil desde 1946, eles eram atrativos em algumas cidades da região. Com a proibição dos jogos de azar, os cassinos foram fechados e muitos estabelecimentos acabaram se transformando em hotéis.
A expectativa é que municípios como Caxambu (MG), Lambari (MG) e Poços de Caldas (MG) revivam a época de ouro dos jogos. O objetivo do projeto é a geração de empregos e impostos. A lei ainda está sendo muito debatida e a previsão é que ela seja aprovada até o ano que vem.
O texto discutido no congresso traz algumas exigências que estão sendo questionadas pelas cidades que já tiveram cassinos. Uma delas fala sobre a grande estrutura de lazer com 500 dormitórios que deve ser oferecido pelo estabelecimento.
“Eu gostaria que fosse uma lei menos restritiva. Tivesse menos reserva de mercado, pra que resgatasse a tradição de cassinos na nossa região e que também garantisse um futuro melhor pra economia local”, alega o presidente da Associação Comercial de Caxambu, Luydi Alfredo de Carvalho.
Uma das cidades que comemora o projeto é Caxambu, que chegou a ter oito cassinos. Os estabelecimentos atraiam para a cidade turistas dispostos a gastar e se divertir. Dinheiro que movimentava toda a região. O município é detentor de um dos hotéis cassinos mais antigos do país. O prédio inaugurado em 1892, viveu tempos de luxo na época da jogatina, onde funcionou por cerca de 50 anos. Com a proibição dos jogos de azar, muita coisa mudou no município.
“Caxambu se restringiu muito com a proibição do jogo, principalmente os funcionários que perderam o emprego e a profissão”, disse José Perez Gonzales, gerente do antigo hotel cassino.
Em Lambari, o cassino funcionou apenas uma noite em 1911. De lá pra cá, o espaço já passou por sete reformas. A última custou quase R$ 9 milhões. Mas hoje, nada funciona no local que serve apenas como peça decorativa na cidade.
“Tem condições pra receber o turismo e pode ser aberto para convenções, pra salas de cinema, de áudio, restaurantes, mas como não temos condição de manter, temos que estar com ele fechado”, explica a presidente da associação de turismo do município Liane Ferreira Kroph.
Já em Poços de Caldas, o retorno do cassino é visto como mais um atrativo para o turismo local.
“Poços tem diversos atrativos, não depende só dos cassinos como foi naquela época, mas é claro que tudo é muito bem-vindo, desde que seja muito bem feito e muito bem fiscalizado”, conta a diretora de Turismo de Poços de Caldas, Rose Lino.
Fonte: G1 Sul de Minas/EPTV
Portar facas com mais de 10 centímetros passa a ser proibido em Minas Gerais
O Governador Fernando Pimentel sancionou, nesta quinta-feira, a Lei 22.58 que proíbe o porte de arma branca. As pessoas flagradas estão sujeitas a multas de R$ 2.700

As pessoas que forem flagradas com lâminas que tenham mais de 10 centímetros de comprimento em Minas Gerais vão pagar multa de R$ 2.700. O governador Fernando Pimentel sancionou, nesta quinta-feira, a Lei 22.258 que proíbe o porte de arma branca no estado, a exemplo do que já ocorre em São Paulo e no Rio de Janeiro. A origem da proibição foi o Projeto de Lei (PL) 2.227 de 2015, do deputado Cabo Júlio (PMDB), que foi aprovado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em 7 de julho. A decisão do administrador estadual foi publicada na edição desta quinta-feira no Diário Oficial Minas Gerais.
Como o Estado de Minas mostrou na edição de 20 de julho, a proibição tem causado polêmica, sobretudo nas redes sociais, uma vez que pessoas que utilizam lâminas de sobrevivência ou como instrumento de trabalho temem ser alvo de discriminação e constrangimento para comprovar a necessidade de porte desse tipo de ferramenta. Por outro lado, forças de segurança pública afirmam que de uma forma ou de outra isso levaria à redução do número de crimes, mortes e feridos.

A nova norma define arma branca como artefato cortante ou perfurante, geralmente destinado à ação ofensiva, como faca, punhal ou similares, cuja lâmina tenha 10 centímetros de comprimento ou mais. Contudo, a infração só fica configurada, pelos termos da lei, se a pessoa estiver com a lâmina na mão, na cintura ou no carro, já que a própria legislação considera que “não configura porte de arma branca o transporte do artefato na embalagem original; em bolsas, malas, sacolas ou similares; em veículos, desde que acondicionados em mala ou caixa de ferramentas; em razão de atividade econômica desempenhada pelo transportador”.

Dados do Sistema Único de Sáude (SUS) mostram que em Minas Gerais 678 pessoas morreram agredidas por instrumentos cortantes ou perfurantes em 2014, número superior ao do Rio de Janeiro (294), mas inferior ao de São Paulo (999). Já os registros de internações nos hospitais conveniados ao sistema foram maiores em Minas Gerais (2.241) do que no Rio de Janeiro (398) e São Paulo (1.705). (Com informações de Mateus Parreiras)

quarta-feira, 27 de julho de 2016

DECLARAÇÃO DE DOCUMENTO PERDIDO

DECLARAÇÃO DE PERDA DE DIPLOMA Eu, Anita Ferreira Ribeiro de Souza, brasileiro (a), estado civil: Solteira, filha do: Newton Vilela Ribeiro de Souza e da: Maria Rita Ferreira, natural de Caxambu Estado MG, nascido (a) no dia 24/02/1985, portador do RG Nº MG - 12.203.948 , residente à Rua: AV. Berenice Catão, Nº: 183, Cidade: Baependi, UF: MG, CEP: 37443-000, declaro, para os devidos fins e efeitos de direito, sob pena de responsabilidade civil e penal, que foi perdido / extraviado no dia 13/07/2016 meu documento de Diploma de Conclusão de Curso Normal Superior realizado pela Universidade Presidente Antônio Carlos- UNIPAC – MG, concluído em julho de 2007.
Por ser verdade, firmo a presente. Baependi MG, 27 de julho de 2016.

ANITA FERREIRA DE SOUZA

domingo, 24 de julho de 2016

EXPOSIÇÃO NACIONAL DE ORQUÍDEAS EM CAXAMBU É UM SUCESSO TOTAL.

Parabenizamos os realizadores da Exposição Nacional de Orquídeas que está sendo realizado em Caxambu neste final de semana. Estivemos ali fazendo uma visita e vislumbrando as belezas das orquídeas de várias regiões de nosso Paí.  Vala a pena conferir !!! Vejam as fotos lindas:




sexta-feira, 22 de julho de 2016

ESTÁ CHEGANDO O MAIOR EVENTO DA SOCIEDADE SUL MINEIRA. DESTAQUE DO ANO 2016. 15 ANOS VALORIZANDO AS EMPRESAS E OS VALORES DA SOCIEDADE.
REALIZAÇÃO JORNAL SUL MINEIRO
JORNALISTAS : JAIME E ROSY
EM SETEMBRO NO LUXUOSO PALACE HOTEL DE CAXAMBU.
INFORMAÇÕES: 98811.2603



ADVOGADO DE CAXAMBU É MEMBRO JULGADOR DO TRIBUNAL DE ÉTICA E DISCIPLINA DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL

O Advogado Carlos Rafael Ferreira foi reconduzido, por mais três anos (2016/2018), para continuar atuando como membro Julgador do Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Minas Gerais, junto à sede da entidade, em Belo Horizonte.

A atuação desta Corte Advocatícia tem, dentre outras funções, julgar a conduta ética dos milhares de Advogados mineiros inscritos junto à OAB/MG.
Como Membro Julgador do Tribunal, permanecerá integrando a Segunda Turma Julgadora do TED-OAB/MG. Preceitua o artigo 71 do Novo Código de Ética e Disciplina da OAB, maior entidade da sociedade civil do planeta: “Art. 71. Compete aos Tribunais de Ética e Disciplina: I - julgar, em primeiro grau, os processos ético-disciplinares; II - responder a consultas formuladas, em tese, sobre matéria ético-disciplinar; III - exercer as competências que lhe sejam conferidas pelo Regimento Interno da Seccional ou por este Código para a instauração, instrução e julgamento de processos ético-disciplinares; IV - suspender, preventivamente, o acusado, em caso de conduta suscetível de acarretar repercussão prejudicial à advocacia, nos termos do Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil; V - organizar, promover e ministrar cursos, palestras, seminários e outros eventos da mesma natureza acerca da ética profissional do advogado ou estabelecer parcerias com as Escolas de Advocacia, com o mesmo objetivo; VI - atuar como órgão mediador ou conciliador nas questões que envolvam: a) dúvidas e pendências entre advogados; b) partilha de honorários contratados em conjunto ou decorrentes de substabelecimento, bem como os que resultem de sucumbência, nas mesmas hipóteses”.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

BAEPENDI : A Caixa Escolar EMÍIA MARIA DE JESUS realiza Chamada Pública nº 01/2016

A Caixa Escolar EMÍIA MARIA DE JESUS realiza Chamada Pública nº 01/2016 para Aquisição de   Gêneros   Alimentícios   da   Agricultura   Familiar,   do   Empreendedor   Rural   ou   de   suas organizações para Alimentação Escolar. Os Grupos Formais e Informais deverão apresentar a documentação prevista artigo 27 da Resolução FNDE nº 26/13, para habilitação e Projeto de Venda   até   o   dia   04/08/2016,   DAS   08:00   às   17:00   na EE ANÍSIO   ESAÚ   DOS   SANTOS, localizada na  ZONA RURAL BAIRRO   SÃO   PEDRO –  Município   de Baependi-MG  –   CEP 37443-000   
 e-mail:  escola.171026@educacao.mg.gov.br  .   
Os   quantitativos   e   gêneros alimentícios estão disponível na página da Internet: http://portal.educacao.mg.gov.br/agf.